Cirurgia de varizes: como é feita e quais são as opções

cirurgia de varizes

Se você sofre com varizes e vai precisar fazer uma cirurgia, este nosso novo artigo foi feito especialmente para você.

 Vamos te explicar como é feita a cirurgia de varizes e alguns cuidados que você precisa ter no pós-operatório. Acompanhe e fique tranquila!

O que são as varizes

Geralmente localizada nas pernas, as varizes são veias dilatadas e deformadas que surgem quando, por algum motivo, o sangue chega nos membros inferiores, mas encontram dificuldades de retornar ao coração.

Elas costumam incomodar tanto por questões estéticas como pelos sintomas, que causam muito incômodo, como a sensação de cansaço nas pernas, dores, vermelhidão, formação de manchas nos tornozelos e queimação. 

As varizes não desaparecem espontaneamente e uma vez instaladas, somente uma cirurgia pode acabar com o problema. 

Como é feita cirurgia de varizes

A cirurgia para varizes é indicada quando as varizes provocam desconforto e grandes alterações estéticas nas pernas. 

Existem vários tipos de cirurgia de varizes das pernas, porém, as varizes podem voltar a aparecer, especialmente se não houver controle do peso e melhora da circulação sanguínea.

Veja abaixo como são os tipos de cirurgia para eliminação das varizes.

1. Injeção de espuma (escleroterapia com espuma)

Nesta técnica, o médico injeta uma espuma especial nas veias dilatadas que estão provocando as varizes. Esta provoca uma reação nas veias que faz com que elas se fechem e impeçam o sangue de circular..

Como é utilizada uma agulha muito fina, este tipo de procedimento não costuma deixar cicatriz na pele. 

2. Cirurgia a laser

É indicada para tratar vasinhos ou varizes pequenas, e é feita com a aplicação do laser diretamente sobre as varizes. O laser provoca calor dentro do vaso, eliminando-o lentamente até que desapareça completamente. 

Podem ser necessárias várias sessões para eliminar completamente o problema, dependendo da quantidade de varizes.

3. Radiofrequência

A radiofrequência funciona de forma muito semelhante à cirurgia laser, pois utiliza calor dentro do vaso para eliminá-lo. Mas aqui, o médico insere um pequeno cateter no interior da veia e, utilizando radiofrequência, aquece a ponta, deixando-a quente o suficiente para fazer o vaso se fechar. 

São necessárias várias sessões para eliminar completamente o problema, dependendo da quantidade de varizes.

4. Microcirurgia de varizes (flebectomia ambulatória)

A microcirurgia de varizes é feita no consultório do cirurgião vascular com anestesia local. O médico faz pequenos cortes sobre as varizes e remove os vasos que estão provocando as varizes mais superficiais.

Embora se possa voltar a casa no mesmo dia da cirurgia, é recomendado ficar de repouso até 7 dias para permitir que os cortes cicatrizem corretamente. 

5. Remoção da veia safena (cirurgia tradicional)

Esta operação também é conhecida como e é utilizada no caso de varizes mais profundas ou grandes. Nestes casos, o médico faz um corte na perna e remove toda a veia safena, que não está funcionando corretamente. Assim, o sangue continua circulando por outras veias sem levar ao aumento da pressão por não conseguir passar pela safena.

A diminuição da pressão dentro dos vasos das pernas reduz o volume das varizes e evita a formação de novas, resolvendo problemas com varizes muito grandes, mas também vasinhos. 

Cuidados após a cirurgia de varizes

  • O paciente deve dormir da forma mais confortável possível, elevando os membros inferiores com um travesseiro para trazer alívio e melhora do inchaço pós-operatório.
  • Outra opção na hora de dormir é elevar os pés da cama ou colocar uma espécie de apoio embaixo do colchão para elevar toda a perna e não apenas o calcanhar e os pés. 
  • Durante o dia, deve-se elevar as pernas em intervalos regulares, de acordo com a recomendação médica. 
  • Nos primeiros dias após a cirurgia de varizes, os pacientes devem ficar mais tempo em repouso e evitar pegar peso. Já no dia seguinte, devem caminhar e o uso de analgésicos simples pode ser indicado. A partir do terceiro ou quarto dia, os pacientes podem voltar a praticar as atividades básicas do dia a dia de forma moderada, como andar, sair, caminhar, dirigir, etc.
  • Evite fazer esforços, como subir ou descer escadas, nos 2 a 7 dia.
  • O uso de meias de compressão é recomendado no pós-operatório das cirurgias de varizes. Elas têm função compressiva, ajudam o sangue a subir de volta para o coração.

E se você está precisando de meias de compressão por que não comprá-las pela internet? Na Maconequi, você encontra os melhores modelos de meias dos principais fabricantes. E o melhor: com os menores preços. Além disso, eles entregam em todo o país.

Blog feito com o objetivo de democratizar o conhecimento sobre varizes, como evitar e como tratar esse problema.
Post criado 28

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo