contraindicações ao uso de meia de compressão

Contraindicações para o uso de meias de compressão

As meias de compressão geralmente são usadas para evitar ou tratar problemas de circulação sanguínea nas pernas como estrias e varizes. Quando o sangue não tem força para retornar ao coração, a compressão dessas meias auxilia nesse processo, trazendo diversos benefícios para quem as usa.

Esse tipo de meia funciona da seguinte forma: a compressão estreita o diâmetro das veias das pernas fazendo com que o sistema do fluxo sanguíneo volte a funcionar e o sangue não se acumule. Sendo assim, o gradiente da pressão da meia (mais forte no tornozelo e diminuindo conforme sobe para as coxas) reduz o risco de coágulos e embolias.

O que eu preciso saber antes de comprar uma meia de compressão?

Antes de tudo, você precisa saber que existem três tipos de meias de compressão: a de suave compressão, média compressão e alta compressão. Cada uma delas é utilizada de acordo com a gravidade da doença, por isso, só devem ser usadas com a recomendação de um médico angiologista.

Saiba mais: Como aliviar a sensação de cansaço na perna

Caso a pessoa não possua nenhuma doença vascular, mas deseja comprar uma meia de compressão para evitar o surgimento desses problemas ou evitar ainda a sensação de cansaço nas pernas, ela deve comprar as meias de suave compressão! Ainda assim, devem se atentar para comprar do tamanho certo, pois meias apertadas demais também podem prejudicar.

Contraindicações para o uso de meias de compressão

O uso da meia de compressão não afeta o organismo quimicamente, até porque o seu uso é externo. Mas existe uma série de patologias que fazem com que esse tipo de meia seja prejudicial para o paciente, podendo causar problemas e reações indesejadas ao alterarem a circulação sanguínea. As contraindicações para o uso de meias de compressão mais comuns são:

Flebite séptica

A flebite é um termo utilizado para designar todo tipo de inflamação na parede das veias. Trombos podem ser formados a partir dessa inflamação, causando a tromboflebite superficial (combinação da inflamação com a trombose).

A tromboflebite superficial até pode ser tratada com o auxílio de meias de compressão (caso o médico autorize), mas quando essa inflamação ocorre secundária a uma infecção, formando então a flebite séptica, o uso da meia não é recomendado.

Fibromialgia

A fibromialgia é uma síndrome clínica que causa dores em todo o corpo, principalmente na musculatura. Outros sintomas como fadiga, sono não reparador, alterações de memória e atenção, ansiedade, depressão e alterações intestinais também caracterizam essa síndrome.

Uma das principais características de quem sobre com essa síndrome é a grande sensibilidade ao toque e à compressão da musculatura, sendo assim impossível para as pessoas com fibromialgia suportar o uso das meias de compressão.

Edema renal e hepático

O edema (retenção de líquido) é o famoso inchaço. Ele pode surgir a partir de diferentes problemas e causar diferentes sintomas. Dependendo deles, você pode ou não fazer o uso das meias de compressão.

Caso seu edema for linfático ou venoso, o uso da meia está liberado. Porém, caso seja um edema renal (originada de alguma doença dos rins) ou hepático (originada de alguma doença do fígado), o uso da meia não é recomendado.

Neuropatia periférica avançada

A neuropatia periférica acontece quando os nervos que saem da medula espinhal e vão para os membros (os nervos periféricos) sofrem algum impacto. Isso pode acontecer devido a diabetes, insuficiência renal, hipotireoidismo e condições específicas dos nervos.

Sintomas comuns desta patologia são formigamentos, perda de força e massa muscular (atrofia), dor espontânea e perda de sensibilidade nas extremidades. Sendo assim, o uso da meia de compressão não é indicado para quem sofre com essa patologia.

Insuficiência cardíaca

A insuficiência cardíaca é uma doença na qual o coração não consegue mais bombear sangue o suficiente para o resto do corpo (sistólica) ou não consegue encher-se de sangue adequadamente (diastólica).

Como o bombeamento fica comprometido, o sangue acaba se acumulando em outras áreas, como os pulmões, fígado, trato gastrointestinal, braços e pernas. Também é devido a esse comprometimento que não é indicado o uso da meia de compressão nesse caso.

Alergia aos materiais utilizados nas meias

Quem tem alergia, seja na pele, nas vias respiratórias ou de alguma outra forma, sabe como é incômodo quando ela “ataca”. Por isso, não faz sentido utilizar meias de compressão se elas forem feitas de tecidos que te causam alergia.

Esse tipo de alergia (dermatite de contato têxtil) é bem raro, mas quem tem a pele mais sensível, seca e é vítima da dermatite pode apresentar esse problema. O ideal é buscar por uma meia feita de um tecido que não cause tal desconforto.

Infecção e ulceração na pele das pernas

A infecção na pele é caracterizada pela presença de vermelhidão, coceira e formação de pequenas elevações na pele. Quando a infecção é grave, apresenta pus, bolhas, descamação e pele escurecida na região afetada.

Já a ulceração são as escaras de grau 4 que podem surgir em pessoas que permanecem muito tempo na mesma posição, como idosos, acamados ou imobilizados por um longo período, desnutridos, portadores de diabetes e pessoas em cadeiras de rodas.

Doenças arteriais obstrutivas periféricas avançadas

Essas doenças surgem quando há um estreitamento ou obstrução dos vasos sanguíneos arteriais, aqueles responsáveis por levar o sangue até as extremidades como os braços e as pernas, sendo mais comum nos membros inferiores.

As doenças arteriais obstrutivas periféricas ocasionam uma redução do fluxo sanguíneo, lesando os nervos, músculos e outros tecidos a médio e longo prazo. O tratamento, nesses casos, tem como objetivo controlar doenças que ocasionam esse quadro, podendo ser até cirúrgico.

Use meias de compressão indicadas por um médico!

Mesmo que tenhamos citado as contraindicações para o uso das meias de compressão, não se baseie neste artigo para decidir se irá usar ou não uma meia de compressão. Consulte um médico pois só ele poderá indicar a meia de tratamento ideal para você.

Post criado 10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo